Bora bater um papo? Sobre Conversas Transformadoras


Vamos conversar sobre conversas?

O que é uma conversa fácil ou difícil? Quais são e não as conversas transformadoras? E quem tem o poder para decidir sobre esses aspectos?

A gente não foi ensinada a conversar, mas aprendeu a criar disputas. E o fato é que, o que resta na vida das pessoas, nos lugares, nas culturas​, são as conversas.

As pessoas entram e saem, mas as conversas ficam: todas aquelas que a gente decide falar e fazem parte de uma mudança -por pequena que seja-, e também todas aquelas que são abandonadas, sem ser faladas, porque alguém precisou acabar com elas.

No final, um conflito é só o conjunto de duas pessoas olhando para a mesma coisa e julgando de forma diferente. Porque a realidade é que você só fala desde o mundo que você carrega, mas existe um mundo por cada pessoa aqui presente.

Então, o conflito não é ruim,

sempre que ele provoque a fala.

Tudo é falta de conversas. O mundo mudou porque alguém falou uma coisa que mudou o mundo.

As transformações começam pela língua, logo as culturas, logo as sociedades, logo as pessoas, que fazemos parte delas.

E na vida? Não existe intenção, só ação. Nós observamos às pessoas agir, e isso permite-nos mudar o mundo.

Coragem é só a ação do coração. Permitir que a energia e a conversa fluam e tragam mudanças. É isso o que é preciso.

Precisamos criar oportunidades para as conversas, porque as mudanças só acontecem desde que cada um de nós muda a sua linguagem é o jeito de tratar e se comunicar com o outro.

Me chamem pra conhecer as suas opiniões ao respeito!

*Depois de vários bate-papos que "viraram a minha chave" e de assistir o último evento da Cocriar, "Promovendo conversas transformadoras", saíram do debate vários temas e daí a vontade de fazer essa mini-pesquisa.

Mayte Santos Albardía

Jornalista e comunicadora audiovisual. Colaboradora de Planeta Futuro | El País no Brasil e responsável pela área de comunicação do Sense-Lab.

Atualmente cursa Mestrado no Programa Integração América Latina da USP e dedica o seu dia a dia a seguir conhecendo e contando histórias de vida ao redor do mundo.

#cocriação #caminhosdevida #mudança #autoconhecimento #empatia #desenvolvimentopessoal #propósito

313 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • RSS - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco

info@sense-lab.com​